O Parque Natural do Alvão é uma área protegida possuidora de vasto património natural e cultural, que resulta na existência de imensos locais de grande interesse, para quem gosta do contacto direto com a natureza.
 
Ficam aqui algumas sugestões para a realização de percursos pedestres e de automóvel, bem como a identificação dos locais mais emblemáticos e outros pontos de interesse, que poderá visitar de modo a que possa desfrutar o melhor possível da beleza extraordinária da paisagem, consolidar conhecimentos e divertir-se durante a visita
.
 Se optar por andar a pé, os percursos sinalizados permitem-lhe um contacto mais direto com a natureza e, simultaneamente, conhecer valores do património natural, paisagístico e cultural.
O evoluir das estações do ano, vai transformando a paisagem do Alvão, conferindo-lhe uma dinâmica que motiva a visita em qualquer época.  No entanto, tendo em consideração as limitações do rigor climatérico, aconselhamos que as visitas ocorram, preferencialmente, na primavera, verão e outono.
 
Primavera
Destaca-se a renovação dos carvalhais, vidoais e dos soutos; a diversidade florística dos lameiros transformando-os numa paleta de mil cores; o canto das aves e o coachar das rãs em época de reprodução; a serra vestida com o lilás das urzes e no ar mil e um aromas.
Os agricultores e as sementeiras, as vacas maronesas e os rebanhos de cabras bravias.
Altura do ano ideal para a realização de percursos pedestres.
Meses aconselhados: maio e junho.
 
Verão
Em dias de temperaturas elevadas, é agradável sentir o som das águas límpidas do rio Olo e a brisa suave dos carvalhos e dos vidoeiros. Nas aldeias é a azafama de colher os fenos dos lameiros e os arrecadar nos palheiros, para um Inverno que se pode afigurar longo e rigoroso.
Época de Festas e Romarias, destacamos as festas de Ermelo e as Festividades de São Bartolomeu no Bilhó, com Concurso Pecuário do Maronês (raça autóctone do Alvão), que se realiza a 24 de agosto.
Meses aconselhados: julho e agosto.
 
Outono
Com o início dos dias curtos e mais frios, a folhagem das árvores adquire as tonalidades do Outono. O castanho alaranjado e avermelhado, confere extrema beleza à paisagem.
O Alvão transforma-se em novas cores e novos aromas. Colhe-se o milho dos campos que será armazenado nos canastros.
Dias calmos para a realização de percursos pedestres.
Meses aconselhados: setembro e outubro.
 
Zona de Ermelo (concelho de Mondim de Basto)

Zona de Lamas de Olo e Arnal (concelho de Vila Real)

Fonte: ICNF